Comer algas ajuda a emagrecer, regula o intestino e dá saciedade


As algas são classificadas de acordo com sua coloração, que pode variar do verde até o vermelho, dependendo do ambiente no qual estão inseridas. A alga mais popular, e que foi amplamente introduzida na culinária japonesa, é a alga nori, que tem cor negra quando está na água, mas fica verde depois de seca. No sushi ou na salada, o alimento é rico nutricionalmente e pode beneficiar sua dieta. Veja a seguir 7 bons motivos para incluir o alimento no cardápio.
 
Suplementos de alga
 
Existem outros tipos de alga que podem ser usados na alimentação, mas em forma de cápsulas e pós. Por muito tempo acreditou-se que a spirulina era uma alga, hoje se sabe que ela é uma bactéria, mas, mesmo assim, os benefícios para a saúde são importantes. Ela é rica em fibras, sais minerais, dá energia e é antioxidante. A alga ágar-ágar vira uma gelatina em contato com a água e por isso é muito usada na culinária, principalmente em receitas que precisam de um pouco mais de consistência. Ela tem fibras e ajuda a dar saciedade. O fucus vesiculosus é riquíssimo em iodo e usado para regular a atividade da tireoide prevenindo o hipotireoidismo.
 
Como consumir alga
 
As algas podem ser consumida em sushis e temakis, mas também podem ser um aperitivo se comidas sozinhas – nesse caso é necessário molhá-las um pouco antes do consumo. Elas também podem fazer parte de saladas e de tudo mais que sua imaginação permitir.

Fonte: 
http://www.bolsademulher.com